Rivais incentivam Williams a contratar Kimi Raikkonen

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Com a confirmação das conversas entre o piloto Kimi Raikkonen e a equipe Williams, duas das principais equipes ressaltaram que o retorno do finlandês à F-1 seria bom para todos. No último fim de semana, McLaren e Ferrari mostraram-se a favor do fato da rival trazer de volta o campeão mundial de 2007, que saiu da categoria em 2009.

Martin Whitmarsh, chefe da McLaren, encorajou Frank Williams a contratar Raikkonen. "Todos nós sabemos que ele é rápido. Acho que as pessoas subestimam o quão inteligente ele pode ser. Espero que ele esteja com fome. Tenho certeza de que não perdeu a capacidade de emocionar na F-1, então acredito que isso (o retorno do piloto) seria fantástico para a categoria", ressaltou.

"Normalmente, eu não teria a pretensão de aconselhar Sir Frank a contratar alguém, mas acho que seria interessante se o fizesse", completou o dirigente.

Já Stefano Domenicali, da Ferrari, que trabalhou com Raikkonen no título de 2007, garantiu que, se voltar, o finlandês será um dos melhores pilotos do grid. "Claro, eu não daria conselho algum a Frank. Ele tem muita experiência, muito mais do que eu. Mas, com certeza, conheço Kimi muito bem. Ele é muito talentoso e sólido e, se quiser voltar, vai querer mostrar que é um dos pilotos mais fortes", disse o ferrarista.

Ainda durante o Grande Prêmio de Abu Dhabi, no último domingo, o ex-piloto Toto Wolff, atualmente um dos acionistas da Williams, admitiu que as negociações, de fato, existem. Caso seja concretizado o retorno de Raikkonen, o brasileiro Rubens Barrichello deverá deixar a equipe britânica no ano que vem. 

fonte: terra.com.br

Posts Relacionados