Petrobras pretende voltar à F1 como fornecedora de combustível em 2014

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Empresa brasileira é uma das principais patrocinadoras do GP Brasil. Foto: Anderson Regio/Terra A Petrobras planeja retornar à Fórmula 1 como fornecedora e desenvolvedora de combustíveis com parceira de alguma equipe de ponta. No entanto, o retorno deve acontecer apenas na temporada de 2014.

A petrolífera brasileira esteve na categoria de 1999 a 2008 como parceira da Williams e chegou a fechar com a Honda para 2009, mas foi surpreendida pela decisão da montadora japonesa de deixar a categoria e, desde então, está fora da F1 como fornecedora de combustível.

De acordo com Rogério Gonçalves, engenheiro da área de abastecimento da Petrobras, a empresa esteve perto de retornar nos anos recentes, negociando com algumas equipes como a Red Bull, porém o acordo não foi fechado.

Como haverá uma mudança no regulamento de motores a partir de 2014 - a troca do atual V8 para o V6 turbo -, a Petrobras decidiu apenas se concentrar em negociar com as fornecedoras de motores para ter o tempo necessário para desenvolver o combustível para os novos propulsores.

Patrocinadora oficial do GP do Brasil, a empresa apresentou nesta quinta-feira, em Interlagos, o troféu da corrida deste ano, que tem como principal característica incrustrada na peça uma rocha retirado do fundo do pré-sal.

fonte: terra.com.br
Foto: Anderson Regio/Terra 

Posts Relacionados