Ecclestone dá certeza de que GP de Austin não será realizado em 2012

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Dirigente (dir) afirmou que há 100% de chances de prova não ser realizada em 2012. Foto: ReutersAs obras do novo circuito de Austin, nos Estados Unidos, voltaram a ser paralisadas e causaram irritação em Bernie Ecclestone, chefe máximo da Fórmula 1. De acordo com o presidente da FOM (Formula One Manegement, empresa que detém os direitos econômicos da categoria), a prova tem 100% de chances de ser cancelada.

Por conta de impasses contratuais entre a organização e a empresa responsável pelos reparos, a construção do Circuito das Américas foi interrompida novamente. Ecclestone foi contundente a respeito do Grande Prêmio, inicialmente marcado para o dia 18 de novembro do ano que vem. "Sim, será cancelado com 100% de chances", disse à agência Press Association.

Apesar do tom pessimista do chefão, será respeitado, segundo informações, o prazo de até o dia 7 de dezembro, quando o Conselho Mundial da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) confirmará todas as etapas do Mundial de 2012.

Além das obras emperradas, a garantia financeira dos norte-americanos é um empecilho. Políticos do Texas vêm dificultando o repasse do governo local para agilizar os trâmites do circuito.

fonte: terra.com.br
foto: reuters

Posts Relacionados