Dono do Team Lotus vê potencial na equipe em 2012: "estou feliz"

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Tony Fernandes ressaltou a evolução do Team Lotus nas últimas etapas desta temporada. Foto: ReutersPoucos dias após a comissão da Fórmula 1 aprovar a mudança do nome da Lotus para Caterham, Tony Fernandes, dono da equipe, afirmou que agora o time poderá focar em construir um carro competitivo para 2012.

"Esta tem sido uma longa e difícil temporada, mas estou feliz de que estamos chegando a um final bom tanto dentro quanto fora das pistas. Nossas corridas na Coreia, Japão e Índia foram muito encorajadoras, tanto no cockpit quanto na garagem. Elas devem ser guias para a nossa próxima temporada", afirmou.

Além disso, nesta terça-feira, a equipe anunciou que Steve Nielsen será seu novo diretor-esportivo em 2012. Nielsen está na Fórmula 1 há vários anos e teve passagens por escuderias como Arrows, Benetton, Tyrrell e Lotus original. Até maio deste ano, ele estava trabalhando na Renault, mas se desligou após desentendimentos com o chefe da equipe, Eric Boullier.

"É um marco para nossa equipe atrair pessoas do calibre de Steve. Estou espantado que alguém tão respeitado e vindo de um time maior que o nosso em vários aspectos compartilhe nossa vontade de crescer e chegar ao pelotão intermediário", afirmou Fernandes.

Outro que celebrou a notícia foi o diretor técnico Mike Gascoyne, que já trabalhou com Nielsen em outras oportunidades. "Trabalhamos intensamente no passado e tivemos sucesso ao construir equipes vencedores. É o que pretendemos fazer na Lotus", completou Gascoyne.

fonte: terra.com.br
foto: reuters

Posts Relacionados