Com pé fora da Williams, Barrichello se diz "ansioso" por pontos em Abu Dhabi

terça-feira, 8 de novembro de 2011

O brasileiro Rubens Barrichello, da Williams, disse nesta segunda-feira que o circuito de Abu Dhabi, onde será realizada a próxima etapa desta temporada da Fórmula 1, neste fim de semana, o agrada bastante e que seu objetivo na prova é brigar pra conseguir pontuar.

"Abu Dhabi é uma grande pista e, apesar de algumas pessoas dizerem que não foi fácil ultrapassar por lá nos últimos dois anos, acho que deveremos ter uma ótima corrida com a asa móvel. A pista é muito divertida para os pilotos. As curvas dois e três fazem uma combinação especial de alta velocidade para a última parte do traçado, que é uma sequência desafiadora de curvas técnicas em baixa velocidade", explicou.

"Eu gosto de ir à Abu Dhabi e estou ansioso para marcar alguns pontos antes de ir ao Brasil, para a última corrida da temporada", acrescentou. Já seu companheiro de equipe, o venezuelano Pastor Maldonado, alertou para o grande desgaste dos pneus, apesar de também ter revelado que gosta do circuito árabe.

"O circuito de tem uma combinação interessante de curvas, especialmente de baixa velocidade com um setor rápido logo no começo da volta. É uma volta um pouco longa e o consumo de pneus normalmente é alto", ressaltou.

"Apesar de ser uma pista relativamente nova, o time tem muitas informações, tanto da corrida como do teste do ano passado. Eu fiz o teste de novatos lá em 2010 e também corri com a GP2, então eu também conheço a pista. Abu Dhabi é um lugar legal para visitar. Tem ótimos fãs", afirmou Maldonado.

No último sábado, o acionista minoritário da Williams, Christian Toto, afirmou em entrevista ao jornal austríaco Kronen Zeitung, que realmente existem "sérias" negociações com Kimi Raikkonen, campeão mundial de Fórmula 1 em 2007 e que atualmente disputa provas de rali. Com isso, Rubens Barrichello fica cada vez mais próximo de se despedir da equipe, já que tem contrato apenas até o final deste ano, e ainda tem futuro incerto na Fórmula 1.

fonte: terra.com.br

Posts Relacionados