Candidato a sucessor de Massa fala português e é fã de guaraná

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Depois de morar com português, Sergio Perez se comunica bem com imprensa brasileira. Foto: Getty Images O mexicano Sergio Perez chegou sob desconfiança na Fórmula 1. Apoiado por uma empresa asteca de telecomunicações, o piloto, 21 anos, conseguiu uma vaga na Sauber para a temporada 2011. Superando o companheiro japonês Kamui Kobayashi na maioria dos treinos classificatórios no ano, o novato festejou a boa fase em entrevista exclusiva  no circuito de Interlagos e comentou sobre o que mais gosta no Brasil.

"Tem sido uma boa temporada, tenho feito boas corridas e estou muito contente", disse Perez, que, embora visite o País pela primeira vez, sabe falar o idioma com facilidade por ter residido com um português. "Gosto muito de guaraná", completou.

Em 2011, Perez já começou a driblar a desconfiança na primeira etapa, na Austrália, ao terminar na sétima posição - no entanto, seria desclassificado por causa de irregularidades no carro da escudeira suíça.

Depois, porém, conseguiu voltar a se destacar e soma 14 pontos no Mundial de Pilotos, sendo o seu melhor resultado um sétimo lugar no Grande Prêmio da Inglaterra e dando trabalho ao mais experiente Kobayashi, 25 anos, que tem 28 pontos.

O mexicano integra desde 2010 a Ferrari Driver Academy, programa de formação de jovens talentos da escuderia, e é apontado pela imprensa italiana como um dos candidatos a correr ao lado do espanhol Fernando Alonso em 2013, após o encerramento do contrato atual do brasileiro Felipe Massa.

"Nunca se sabe", afirmou Perez, desconversando sobre o assunto. "Estou neste momento na Sauber e o meu foco agora é fazer uma boa temporada em 2012", emendou ele, que confirmou ser um "sonho" defender a equipe de Maranello.

fonte: terra.com.br
Foto: Getty Images 

Posts Relacionados