Aos 40 anos, De La Rosa mostra motivação para correr pela Hispania

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Apesar da idade, De la Rosa está otimista com temporada e diz que veio para ficar. Foto: Getty Images O espanhol Pedro De La Rosa está motivado pelo novo desafio da sua carreira. Aos 40 anos e com longa história como piloto de testes da McLaren, ele terá dois anos de contrato com a Hispania. A possibilidade de correr em uma equipe de seu país natal só aumenta o entusiasmo.

"Voltar à competição é algo que me deixa muito feliz, ainda mais com um time espanhol. Na primeira vez que nos falamos, não me senti parte do projeto. No entanto, depois de conhecer Saul Ruiz de Marcos (diretor-executivo), e pelo fato do Luiz Perez Sala (ex-piloto e consultor da HRT), um dos meus ídolos, também ser parte do time, descobri mais sobre os planos e vi que, pouco a pouco, o que eles me contaram está se materializando. Isso me convenceu", declarou.

Titular da Sauber em 2010, ele teve a oportunidade de correr novamente na equipe este ano, no Canadá, após o acidente do mexicano Sergio Perez em Mônaco. No resto do tempo, testou pela McLaren. "Eu vim para ficar e quero agradecer a Hispania por confiar em mim, mas também a McLaren, porque sem eles não estaria aqui e, graças a eles, sou um piloto melhor", argumentou.

Para Ruiz de Marcos, De La Rosa é parte essencial do projeto da equipe que está prestes a terminar sua segunda temporada na categoria sem ter marcado nenhum ponto. "Um dos pilares sobre o qual nós queremos basear o projeto é ter Pedro no time. Estou muito orgulhoso que tenhamos conseguido. Eu acho que nós estamos no caminho certo para nos transformar em um grande time espanhol no tempo de um ano".

fonte: terra.com.br
foto: getty images

Posts Relacionados