Rossi desembarca na Itália e rechaça aposentadoria

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Quando o italiano Marco Simoncelli perdeu o controle da sua moto no GP da Malásia e caiu na pista, um dos que o atropelou foi Valentino Rossi e sua Ducati. O acidente foi fatal. A imprensa italiana chegou a cogitar a aposentadoria do heptacampeão de 32 anos, mas, ao desembarcar em Roma, ele foi rápido para rechaçar essa possibilidade.

Rossi viajou no mesmo avião que levou o corpo de Simoncelli de Sepang à Itália. O pai do piloto, Paolo Simoncelli, e sua noiva, Kate Fretty, também estiveram no voo.

"Desistir? Eu não sei quem disse isso, mas não fui eu. Talvez tenha sido para vender mais jornal", declarou.

"Marco era uma estrela e eu nunca vou esquecê-lo. Nós compartilhamos tantas memórias. A gente costumava se encontrar quase todos os dias, nós treinávamos juntos e competíamos contra o outro com qualquer tipo de máquina que tivesse um motor", acrescentou.

Simoncelli será velado na igreja Santa Maria di Coriano, em Coriano, sua cidade natal. O enterro será realizado na quinta-feira.

fonte: terra.com.br

Posts Relacionados