Piloto morto era amigo de Button e recusou oportunidade na F1

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Dan Wheldon foi campeão da Indy em 2005. Foto: Getty ImagesO automobilismo está de luto neste domingo. Morreu em acidente na etapa de Las Vegas da Fórmula Indy o inglês Dan Wheldon, que venceu duas vezes as 500 Milhas de Indianápolis. Amigo de infância de Jenson Button, atualmente na Fórmula 1, o britânico projetava uma carreira na principal categoria do automobilismo mundial, mas, por falta de recursos da família, se mudou para os Estados Unidos em 1999 e disputou campeonatos menores, como a U.S. F2000, a Toyota Atlantic Series e a Indy Light.

O inglês teve a primeira oportunidade na Indy em 2002, quando participou de duas corridas pela Panther Racings, como parceiro de Sam Hornish, que viria a ser um dos maiores rivais no decorrer da carreira. No ano seguinte, ele foi contratado pela Andretti Green Racing e venceu prêmios de revelação do circuito. Em 2004, venceu a primeira corrida, no Japão, e foi o vice-campeão da temporada, atrás do brasileiro Tony Kanaan.

A glória veio em 2005, pela Chip Ganassi Racing, quando Wheldon venceu as 500 milhas de Indianápolis pela primeira vez e se sagrou campeão da Fórmula Indy. Em 2006, o bicampeonato escapou por pouco, em uma disputa acirrada com Sam Hornish.

Já no início de 2007, recusou convite da equipe BMW Sauber da Fórmula 1 por não ter a segurança de que seria um piloto titular da escuderia. No fim de 2008 abandonou a Ganassi, substituído por Dario Franchitti.
Seu último grande feito na carreira foi a vitória nas 500 milhas de Indianápolis em 2011, após um segundo lugar na mesma prova em 2010. Em 2011, morreu em um grave acidente na última prova da temporada da Fórmula Indy, em Las Vegas.

fonte: terra.com.br
foto: getty images

Posts Relacionados