Morte de Simoncelli é a 2ª na MotoGP em pouco mais de 1 ano

domingo, 23 de outubro de 2011


O piloto italiano Marco Simoncelli morreu neste domingo em acidente no GP da Malásia, aos 24 anos de idade. Foto: APA tragédia ocorrida neste domingo no Grande Prêmio da Malásia pode ter sido chocante, mas não é nenhuma novidade no mundo da velocidade, tampouco no da Moto GP e suas duas categorias de acesso. O jovem italiano Marco Simoncelli, que estava com 24 anos, se tornou a 25ª vítima dos 62 anos da organização. O número, no entanto, é relativamente baixo se comparado aos da Fórmula 1, por exemplo - quase 50 óbitos no mesmo período -, e, principalmente, se analisadas as últimas duas décadas de competições, nas quais morreram três profissionais.

O alarmante detalhe é que dois desses acidentes fatais ocorreram nos últimos 13 meses, ou seja, alterando a lógica matemática para esse fato, apenas um piloto morreu em 19 anos, enquanto, em pouco mais 13 meses, foram registrados o dobro de óbitos. Na Fórmula 1, com quase meia centena de tragédias, não ocorrem mortes desde 1994, justamente quando Ayrton Senna não resistiu a uma batida em San Marino, na Itália.
Histórico

Em setembro de 2010, poucos minutos antes do Grande Prêmio de San Marino da Moto GP, o japonês Shoya Tomizawa, 19 anos, da categoria Moto 2, caiu da moto em uma curva e acabou atropelado por dois adversários que corriam a uma velocidade de mais de 240 km/h. Assim, como Simoncelli, também abatido por companheiros na pista, ele não resistiu aos ferimentos.
Se o número de mortes atualmente parece baixo para uma categoria considerada de alto risco, é importante pontuar que sua média já foi bem menor. Enquanto, na década de 1950, a primeira da Moto GP, seis pilotos morreram em competições, 40 anos depois, na de 1990, o número chegou a zero. De fato, num período de quase 15 anos, De 1989 a 2003 - ano do óbito de outro japonês, Daijiro Kato, no GP de Suzuka, no Japão -, nenhum corredor morreu.

Se na Fórmula 1, com tantos acidentes fatais, as mortes foram zeradas nos últimos anos, na principal categoria da motovelocidade do mundo elas voltaram a ganhar números próximos aos registrados nas décadas de 1960 e 1980 - quando ocorreram, respectivamente, duas e quatro. O recorde foi nos anos 1970, em que foram registradas nove mortes no total.

É inevitável não comparar a tragédia deste domingo com a ocorrida exatamente uma semana atrás, quando o piloto Dan Wheldon se envolveu em um acidente com mais de 15 carros no GP de Las Vegas da Fórmula Indy. Um dos mais populares nomes da categoria, o inglês morreu no hospital poucos minutos após ter sido resgatado, aos 33 anos de idade.

Veja o video da morte deMarco Simoncelli
Veja as fotos do Acidente de Marco Simoncelli

fonte: terra.com.br
foto: ap

Posts Relacionados