Mercedes aprova trabalho em circuito desfavorável no Japão

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Michael Schumacher guiou a sua Mercedes ao sexto melhor tempo do dia. Foto: AFPA equipe Mercedes chegou ao Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1 pessimista por conta do traçado do Autódromo de Suzuka, pouco favorável às características do carro da equipe. Após os primeiros treinos livres, no entanto, a escuderia se disse feliz pelos resultados alcançados.

"Nós estamos trabalhando no acerto do carro e conseguimos alcançar muito do que queríamos, apesar de sabermos que as características do nosso carro e do circuito não são uma combinação perfeita e ainda existam áreas em que temos que trabalhar", disse o alemão Michael Schumacher, sexto colocado do dia.
O heptacampeão mundial acredita que em Suzuka os carros da Mercedes devem seguir a tendência das últimas provas da temporada e brigar por posições intermediárias no grid de largada. Em Cingapura, há duas semanas, ele largou na oitava posição, logo atrás de seu companheiro de equipe, Nico Rosberg.

"Pelo que pude ver até agora, apostaria que estaremos na mesma zona de classificação de ultimamente, mas obviamente vamos fazer o máximo para melhorar nossa posição", afirmou.

Já Rosberg foi mais conciso em suas declarações após os treinos livres, mas deixou claro que ficou feliz com a sétima colocação do dia, após um início de trabalho complicado.

"Tivemos duas sessões desafiadoras e trabalhamos para acertar o carro. Com o fim do dia, estou feliz com o que aprendemos e acho que estamos na direção certa para amanhã", explicou.

fonte: terra.com.br
foto: afp

Posts Relacionados