McLaren tenta conter crise de Hamilton no final da temporada

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Objetivo da McLaren é fazer Hamilton se sentir querido após dificuldades. Foto: Getty ImagesCom o campeonato de pilotos da Fórmula 1 definido a favor de Sebastian Vettel, uma das preocupações da McLaren para a reta final da temporada é cuidar de Lewis Hamilton. O campeão mundial de 2008 vive má fase e não esconde o abatimento por isso. "Estou preocupado em mostrar a ele que estamos 100% com ele, e a equipe toda também", afirmou o diretor Jonathan Neale, segundo a revista Autosport.

Com desempenho abaixo do esperado - não alcança o pódio desde o GP da Alemanha, em julho, quando venceu -, Hamilton foi ultrapassado por seu companheiro de equipe Jenson Button, vice-líder do campeonato. Além disso, se envolveu em uma série de acidentes durante as últimas provas, principalmente com o brasileiro Felipe Massa, que o tem criticado duramente.

"Ele quer vencer desesperadamente e está compreensivelmente infeliz por seu companheiro de equipe batê-lo, ou por outra pessoa conquistar o campeonato", afirmou Jonathan Neale, que até afastou a responsabilidade do piloto inglês por conta dos resultados ruins. "Nós queremos cuidar dele. Tem sido uma temporada difícil. Nós realmente não demos um carro para dar conta do recado, mas o que ele tem feito é fantástico", disse.

De acordo com o diretor, todo o staff que trabalha com Hamilton manifestou a intensão de mostrar a ele o quanto apreciam o trabalho feito até agora em 2011. "Eles estão muito interessados em se certificar de que Lewis se sentirá querido e amado neste final de temporada", apontou Neale, sem fazer comparações entre os representantes da McLaren.
"Os dois pilotos estão melhorando. Alguns podem afirmar que Jenson está provavelmente pilotando melhor do que nunca e segue cada vez mais forte", analisou. "Estou confiante de que Lewis tem algumas coisas para aprender e pode evoluir ainda, mas aí vejo que tenho o dobro da idade dele e o mesmo vale para mim", complementou Jonathan Neale, com mais um incentivo ao campeão da F1 de 2008.

fonte: terra.com.br
foto: getty images

Posts Relacionados