GT Brasil: Stumpf/Brito supera assédio, encerra jejum e vence em Campo Grande

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Após vitória, Matheus Stumpf celebra com Marcelo Hahn, segundo colocado em Campo Grande. Foto: Ricardo Matsukawa/TerraMatheus Stumpf entregou o carro na liderança e Valdeno Brito, com incrível resistência, superou os assédios de Xandinho Negrão e Allam Khodair, manteve seu Ford GT na primeira posição e levou a segunda etapa da Itaipava GT Brasil em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, neste domingo. O resultado dá fôlego para a dupla na liderança do campeonato a quatro provas do fim da temporada. Marcelo Hahn/Allam Khodair acabaram em segundo, seguidos por Chico Longo/Daniel Serra. 
 
Xandy/Xandinho Negrão, que batalharam na vice-liderança por uma parte considerável da prova, caíram para a quinta posição graças a uma manobra infeliz. Xandinho, ao tentar tomar o primeiro lugar de Valdeno, teve a porta fechada, despencou três lugares e viu frustrados seus planos de encostar na pontuação da dupla líder da temporada agora com 16 pontos de vantagem.

A prova em Campo Grande, como já havia sido no sábado, foi bastante tumultuada. Wagner Ebrahim, vencedor no sábado, largou na frente mas, logo na sétima volta, foi tocado e precisou abandonar. Já Daniel Serra, no fim, brigava pelas primeiras posições e, por uma manobra arriscada, foi punido pela direção de prova. Serra não foi aos boxes como fora determinado e, por isso, chegou a ser desclassificado. A direção, minutos depois, reconsiderou a decisão e Chico e Daniel ficaram com o terceiro lugar.

"Foi uma das corridas mais difíceis que tivemos. Essa pista não permite o menor erro, se você fugir 10 centímetros, perde dois segundos. Qualquer coisa, como estava a disputa, eu perderia posições. É andar rápido e sem erros, então foi corrida difícil e isso valoriza a nossa vitória", descreveu Valdeno Brito, que resistiu à pressão e subiu ao lugar mais alto do pódio.

Na categoria GT4, Fábio Greco/Valter Rossete colocou fogo no campeonato ao superar os líderes Caio Lara/Cristiano Federico e vencer neste domingo em Campo Grande. Caio e Cristiano, que venceram no sábado, chegaram na segunda posição desta vez e fecham o fim de semana com saldo muito positivo. Marçal Melo/William Freire completaram o pódio na terceira colocação.

Confira o resultado da segunda corrida em Campo Grande:

GTBR3
1°) Valdeno Brito/Matheus Stumpf (Ford GT): 50min42s950
2°) Marcelo Hahn/Allam Khodair (Lamborghini LP 600): + 0s129
3°) Chico Longo/Daniel Serra (Ferrari F458): +1s154
4°) Bruno Garfinkel/Ricardo Maurício (Lamborghini LP600): + 1s872
5°) Xandy Negrão/Xandinho Negrão (Lamborghini LP600): + 2s314
6°) Rafael Derani/Cláudio Ricci (Ferrari F458): + 25s780
7°) Pedro Queirolo (Corvette Z06R): + 35s594
8°) Vanuê Faria/Renan Guerra (Lamborghini LP 560): + 42s820
9°) Cleber Faria (Lamborghini LP560): + 59s122
10°) Juliano Moro/Aluízio Coelho (Ford GT): + 2min07s308
11°) Henrique Assunção/Ronaldo Kastropil (Lamborghini LP560): a 1 volta
Não completaram: Wagner Ebrahim e Fernando Croce/Fernando Gomes Croce
 
GTBR4
1°) Fábio Greco/Valter Rossete (Maserati Gran Turismo MC)
2°) Cristiano Federico/Caio Lara (Aston Martin Vintage)
3°) Marçal Mello/William Freire (Ginetta G50)
4°) Valter Pinheiro/Léo Burti (Ginetta G50)
5°) Otávio Mesquita (Ferrrari Challenge)

fonte: terra.com.br
Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

Posts Relacionados