Equipe de resgate deixou corpo de Simoncelli cair da maca

terça-feira, 25 de outubro de 2011

 
O atendimento a Marco Simoncelli após o acidente fatal sofrido na etapa da MotoGP em Sepang, na Malásia, tem sido bastante criticado pela imprensa italiana.

Em carta aberta ao jornal “La Repubblica”, Fabio Venturi, perito em serviços de emergência médica, criticou o fato da equipe de socorro deixar o corpo de Simoncelli cair da maca e a demora na chegada da ambulância à pista malaia.

“[Simoncelli] Foi transportado na maca de maneira inadequada”, afirmou Venturi na publicação.

“O médico deve avaliar a condição do piloto e, se necessário, transportá-lo com o máximo cuidado, sempre protegendo a coluna e imobilizando o pescoço”, acrescentou o italiano, citando o método utilizado pela equipe de socorro como “inadequado e perigoso”.

“Pessoalmente, nem um saco de batatas seria transportado assim”, criticou o perito.

Vítima de um gravíssimo acidente, no qual foi atropelado pelas motos de Colin Edwards e Valentino Rossi, Simoncelli morreu ainda no centro médico do circuito. Antes disso, o corpo do piloto da Gresini Honda ficou estirado na pista, sem reação, à espera do socorro pela equipe médica do circuito.

A ambulância demorou para chegar e, por conta disso, o italiano teve de ser transportado de maca até o centro médico de Sepang. Já na clínica, Simoncelli foi declarado como morto após várias tentativas de reanimação.

Sobre o atendimento médico ao piloto italiano em Sepang, a organização do circuito malaio disse:
“Na corrida do domingo, o pessoal do circuito agiu rapidamente e profissionalmente para atender Marco logo que aconteceu o acidente. Apesar de tudo que foi feito, a equipe médica não pôde mudar o resultado da situação, dada a gravidade de seus ferimentos.”

fonte: tazio.com.br

Posts Relacionados