Chefe da Ferrari fala sobre a morte de Marco Simoncelli

domingo, 23 de outubro de 2011

A notícia da morte de Marco Simoncelli no Grande Prêmio da Malásia, neste domingo (23), afetou profundamente Stefano Domenicali, chefe da Ferrari. Os dois se conheciam pessoalmente e o acidente foi um duro golpe para o dirigente.

- É muito difícil de colocar em palavras a dor que sinto após a morte de alguém como Marco Simoncelli - afirmou.

Domenicali também fez questão de lembrar do acidente na IndyCar uma semana atrás, em Las Vegas, que vitimou o inglês Dan Wheldon.

- Eventos como esse, assim como a morte de Dan Wheldon, nos lembram que os envolvidos neste esporte sempre estão expostos a riscos gigantescos. Agora, os pensamentos dos homens e das mulheres da Ferrari estão com a família, os amigos e a equipe de Marco.

Para finalizar, o italiano falou de como está Fausto Gresini, dono da equipe de Simoncelli.

- Fausto é um grande amigo meu, pois nós viemos da mesma cidade, Imola. Ele está particularmente atormentado neste momento - afirmou sobre o dono da Gresini Honda.

fonte: terra.com.br

Posts Relacionados