Andretti defende organização da Indy: "foi uma morte excêntrica"

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Campeão da Fórmula 1 e dono de passagem marcante pela Fórmula Indy, o americano Mario Andretti definiu o acidente que vitimou Dan Wheldon como uma excentricidade. Em entrevista à televisão CNN, ele disse não ver erros de organização na prova realizada em Las Vegas e que, no último domingo, provocou a morte do inglês Wheldon.

"É incrível que não mais que um piloto se machucou seriamente. A morte de Dan é uma coisa muito excêntrica porque seu carro voou para as cercas. A pista estava muito bem equipada, é uma das poucas pistas que tem paredes seguras em todo o seu redor, mas ele apenas não alcançou o topo delas. Foi um azar".

fonte: terra.com.br

Posts Relacionados