STOCK CAR: 'Realizei um dos sonhos da minha vida', afirma Feldmann após vitória

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Alceu Feldmann stock car comemora (Foto: Duda Bairros / Stock Car) A cidade de Santa Cruz do Sul, no interior do Rio Grande do Sul, recebeu, no último domingo, a nona etapa da temporada e a primeira corrida da SuperFinal 2011. Durante a prova, os olhares estavam voltados para os dez finalistas que ainda continuam vivos na briga pelo título: Thiago Camilo, Max Wilson, Átila Abreu, Cacá Bueno, Ricardo Maurício, Popó Bueno, Marcos Gomes, Luciano Burti, Daniel Serra e Allam Khodair. Mas o primeiro piloto a receber a bandeirada foi o paranaense Alceu Feldmann, que conquistou uma vitória inédita na Stock Car.

- Não estava com o ritmo igual ao deles e larguei lá atrás. Estou muito feliz por conquistar essa minha primeira vitória, pois precisava desse troféu na minha casa. Passei as últimas três voltas rezando dentro do carro e tirando o pé para economizar combustível. Realizei um dos sonhos da minha vida - comemorou o piloto.

Em sua 11ª temporada na maior categoria do automobilismo brasileiro, o dono do carro 100 da A. Mattheis arriscou sua vitória com uma parada estratégica nos boxes. Com o auxílio do chefe de equipe Thiago Meneghel, o paranaense saiu na frente dos adversários.

- O ponto determinante foi ir para os boxes antes da entrada do carro de segurança. Coloquei bastante combustível para tentar ir até o final e fiz mais duas ultrapassagens - disse.

Mesmo arriscando, Feldmann conseguiu cruzar a linha de chegada antes de todos os adversários. Mas alguns pilotos tentaram seguir sua estratégia e acabaram abandonando a corrida por falta de combustível, caso de Allam Khodair.

- Não tenho nada a reclamar da temporada agora. Vai ficar marcada como o ano da minha primeira vitória na categoria. Corri com o regulamento, acho que se tivesse outro piloto na minha situação faria o mesmo. É igual ao time de futebol que joga o tempo inteiro na defesa e ganha - afirmou.

Mesmo com a vitória, Alceu não ganhou os 25 pontos do vencedor. Segundo o regulamento oficial da Stock Car, os pilotos devem terminar a corrida com pelo menos três litros de combustível - se pararem nos boxes - ou seis litros - se a parada for na pista. No caso de Feldmann, o carro 100 não tinha os seis litros necessários. Mesmo assim, o paranaense foi anunciado o vencedor da prova, somente não ganhando os pontos devidos. O que, para ele, não fez a menor diferença.

fonte: globo.com
foto: vicar

Posts Relacionados