Presidente da Ferrari elogia Alonso e Massa e diz: 'Ainda podemos vencer'

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo reconheceu que o carro do time na Fórmula 1 ficou abaixo das expectativas dele e da própria equipe, mas acredita que o time vencerá uma prova antes do fim do ano. Em entrevista ao jornal italiano "La Gazzetta dello Sport" no Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, o dirigente lembrou que seu time sempre triunfou ao menos uma vez em todas as temporadas desde 1993.

- Ouço muitas críticas. É claro que, neste ano, não conseguimos o carro que queríamos, mas tenho grande confiança, ainda podemos vencer até o fim do ano. De 1993 até hoje, a Ferrari é a única equipe a ter vencido ao menos uma corrida em todos as temporadas - disse Montezemolo.

O presidente da Ferrari aproveitou para elogiar seus dois pilotos. Segundo ele, Fernando Alonso - que venceu o GP da Inglaterra - está fazendo um ótimo trabalho ao enfrentar a concorrência e se manter em segundo no Mundial de Pilotos. Sobre Felipe Massa, o dirigente preferiu destacar a boa corrida de recuperação no GP da Itália, em Monza, quando chegou em sexto. O brasileiro tem menos da metade dos pontos do companheiro (82 contra 172).

- Estamos em segundo com Alonso, um piloto com o qual estamos bem e que seguirá conosco até 2016. Nós temos concorrentes duríssimos, e ele está fazendo um trabalho extraordinário, como fizemos no início dos anos 2000. Massa fez uma corrida belíssima em Monza. Nossa atuação na Itália foi um espetáculo. Alonso incendiou o público com uma largada magistral e o importante é ver um carro em grau de competir e ir ao pódio.

Montezemolo também fez elogios a Sebastian Vettel, atual campeão da Fórmula 1 e que está muito próximo do bi em 2011. O alemão já demonstrou interesse de assumir uma vaga na equipe italiana, mas renovou com a RBR em março até o fim da temporada de 2014.

- Vettel está certo de pensar nisso, entende o que é a Ferrari. Ele é inteligente e tem bom gosto, com todo o respeito às outras equipes na Fórmula 1.

Quanto ao futuro da Ferrari, Montezemolo está confiante. Ele disse estar contente com o crescimento de Stefano Domenicali, chefe da equipe, mas reconhece que o carro de 2012 precisa ser mais criativo do que os das últimas temporadas.

- Domenicali se tornou um verdadeiro líder. Diziam que deveríamos ter contratado Ross Brawn, mas veja as dificuldades que ele está passando na Mercedes. E para 2012, precisamos ser mais agressivos e criativos no projeto do carro, melhorando em todas as áreas.

fonte: globo.com

Posts Relacionados