Por B. Senna e algoz de Nelsinho, Renault pode "esnobar" Kubica

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Contratado para ser o primeiro piloto da Renault, Robert Kubica pode acabar "esnobado" pela escuderia. Segundo a revista alemã Auto Motor und Sport, a equipe estuda deixar de lado o polonês e o russo Vitaly Petrov para a próxima temporada da Fórmula 1, passando a contar com o brasileiro Bruno Senna e o francês Romain Grosjean.

Quarto melhor piloto da categoria em 2008 pela BMW, Kubica sofreu um grave acidente em uma prova de rali na Itália em fevereiro. Desde então, está afastado das pistas.

O polonês espera estar pronto para retomar suas atividades em outubro em um carro de rua e provavelmente testará modelos da World Series e da GP2, verificando se terá condições de correr em alto nível no ano que vem.

Uma decisão sobre o futuro, por isso, deve demorar. Enquanto isso, o chefe da Renault, Eric Boullier, já afirmou que quer definir "em breve" a sua dupla de titulares de olho em 2012.

O contrato de Kubica se encerra neste ano, e o piloto, ainda de acordo com a revista, poderia ser substituído por Grosjean. O piloto francês, 25 anos, é reserva da escuderia e foi titular em 2008, quando substituiu o brasileiro Nelsinho Piquet com o campeonato em andamento. Grosjean vê seu nome novamente em alta depois de vencer o campeonato da GP2 neste ano.

Por outro lado, Petrov já tinha assinado para a próxima temporada. Mesmo assim, o russo poderia perder a vaga para Bruno Senna. A revista explica a história apontando que "o potencial para encontrar patrocinadores é maior no Brasil que na Rússia". Durante o fim de semana do Grande Prêmio da Itália, o russo negou estar preocupado com os rumores, dizendo que seu "contrato está seguro".

fonte: terra.com.br

Posts Relacionados