Para Red Bull, regra do toque de recolher precisa de ajustes

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

O chefe da Red Bull, Christian Horner, declarou que a regra do toque de recolher, que proíbe integrantes da equipe de trabalharem em um período determinado pela FIA, precisa de ajustes.

As equipes têm direito de quatro coringas, ou seja, podem fugir à regra quatro vezes. No último sábado, em Cingapura, a FIA informou que a Red Bull havia usado um dos coringas, no entanto, a decisão foi revogada após a equipe relatar que foram os funcionários de marketing que visitaram o circuito de Marina Bay.

"Fiquei mais surpreso do que preocupado. No final do dia, o senso comum prevaleceu, os comissários entenderam que uma credencial temporária não estava sob controle, e não foi usada por um membro da equipe, então, o coringa nos foi devolvido", explicou Horner.

Apesar do imprevisto, a Red Bull elogiou a regra, advertindo apenas que ela deve ser melhorada para que o incidente não volte a ocorrer. "É algo que precisa ser ajustado no regulamento desportivo" alertou Horner, que ainda acrescentou: "é impossível ficar responsável por todos que têm uma credencial".

fonte: terra.com.br

Posts Relacionados