KART: Victor Uchôa vive expectativa especial para o fim de ano

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Kartist aespera fazer boas atuações na última etapa do WSK Master Series e também na Taça Portugal e na Copa dos Campeões


O clima é de expectativa para o piloto potiguar Victor Uchôa. O kartista ainda terá trêscorridas nesta temporada, que foi considerada uma das mais difíceis da carreirado piloto, devido a estreia no WSK Master Series, competição mais importante do kart mundial. As provas de final de ano serão a etapa final do WSK Master Series, a Taça Portugal e a Copa dos Campeões.


A primeira prova dessa reta final pode ser considerada a mais difícil. Victor desembarcano dia 19 de setembro na Itália, para a disputa da quinta etapa do WSK Master Series. O objetivo é o mesmo das outras provas: chegar a final da etapa. Mas agora a expectativa cresce devido à preparação realizada com o coach Dudu Tchê,filho de Tchê, o preparador responsável pelos karts de Ayrton Senna e Rubens Barrichello.


“Estou na expectativade fazer o meu melhor. Acredito que vamos crescer juntos nesta etapa do WSK”, declarou Victor Uchôa. O novo coach do piloto também está repleto de boas expectativas para trabalhar com Victor Uchôa, por conhecer toda a evolução do piloto, desde que ele passou a ter um foco em competições europeias. “Victor está evoluindo muito mais rápido, do que se estivesse competindo no Brasil. O kartna Europa é realmente muito mais forte e, por isso, ele passa a ter experiências que jamais teria aqui”, salientou Dudu Tchê.


A TaçaP ortugal, que será realizada em novembro, e a Copa dos Campeões, que acontece em dezembro na Espanha, são provas já conhecidas pelo piloto potiguar. Victor,que já conquistar um pódio em Portugal, conhece o alto nível dessas competições, mas acredita que poderá evoluir ao ponto de conquistar um pódio.Ele orienta a sua torcida, no entanto, para que isso não se transforme em uma obrigação.


“Competir na Europa, é sempre complicado. Lá, estão os melhores pilotos do mundo, por isso, não posso chegar com a responsabilidade de ganhar de todo mundo. As coisas vão acontecer naturalmente e eu acredito que tudo pode dar certo, se for feito da forma que planejamos”, comentou Victor, mostrando consciência sobre a realidadena Europa.


Apesar de estar fazendo um grande investimento, com o apoio de todos os seus patrocinadores (Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Unimed Natal, Faculdade dos Guararapes, HotelSombra e Água Fresca, Ster Bom, Livraria Câmara Cascudo, Escola Lápis de Cor e Banco do Nordeste), o piloto ainda vive um clima de preocupação quanto ao seufuturo. Isso porque a demolição do kartódromo de Natal está em eminência e não existe uma certeza quanto à data de construção do novo kartódromo.


Essa incerteza pode prejudicar bastante a carreira do piloto potiguar, que poderá se restringir aos treinamentos na Europa em semanas de competição, o que significa um prejuízo em relação aos outros competidores dos principais eventos internacionais.


“Infelizmente, é provável que eu fique um bom tempo sem treinar em Natal. O pior ainda é que os kartódromos mais próximos de Natal, que ficam em Fortaleza e Recife também não reúnem as condições favoráveis. Espero, pelo menos, que o próximo kartódromo de Natal seja realmente de alto nível”, salientou o kartista.

Posts Relacionados