KART: Victor Uchôa: “Foi melhor do que o título do Campeonato Brasileiro”

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Em parceria com a nova era Tchê, kartista supera expectativas e se torna brasileiro mais jovem achegar na final do WSK Máster Series

A parceria entre a família Tchê e um talento do automobilismo brasileiro já deu um bom resultado logo no início de uma nova parceria. A família Tchê foi responsável por preparar os karts de Ayrton Senna e Rubens Barrichello, em que o patrono da família, o Tchê, comandava os trabalhos de preparação do motor. Agora, sob o comando do herdeiro Dudu Tchê, foi formada a parceria com Victor Uchôa, novo talento do automobilismo brasileiro. E o resultado foi mais do que o esperado. Victor esperava ficar entre os 34primeiros do WSK Master Series e se classificar para a final, mas ele foi bem mais além e conquistou a 18º colocação na 5ª etapa do circuito mundial.

Aos 10 anos, Victor é uma grande promessa do automobilismo brasileiro e já conquistou títulos no kart, como Campeonato Brasileiro, GP Brasil, vice-campeonato Sul-Americano e vice-campeonato do Mundial Easy kart Birel final “d”. Porém, para o jovem piloto, esse grande resultado no WSK Master Series teve mais importância para a sua carreira.

“Foi muito mais emocionante. Foi melhor do que o título do Campeonato Brasileiro, porque aqui, no WSK Master Series, estão realmente os melhores kartistas do mundo e eu provei que posso ser mais um deles”, declarou Victor Uchôa, que é patrocinado pelo Governo do Estado do Rio Grande e pelas empresas Unimed Natal, Faculdade dos Guararapes, Hotel Sombra e Água Fresca, Ster Bom, Livraria Câmara Cascudo, Escola Lápis de Cor e Banco do Nordeste.

A prova final contou com 60 seletos kartistas, dos 86inscritos no circuito. Os pilotos são oriundos de diversas partes do planeta e a idade deles variava entre 10 e 13 anos de idade. Por isso, a diferença deidade e de experiência entre Victor e maioria dos pilotos era nítida, sendo que o resultado conquistado pelo kartista potiguar surpreendeu até mesmo a equipe do piloto.

“Nós saímos do Brasil com o pensamento de ficar entre os 34primeiros e chegar a final, o que já seria um feito e tanto para um kartista tão jovem, que está apenas fazendo seu ano de estréia no WSK Master Series. No entanto, Victor se comportou com uma naturalidade tão grande, que parecia se rum piloto habituado com decisões como essas. Por isso, ultrapassou, de forma surpreendente, pilotos bem mais experientes”, comentou o coach Dudu Tchê.

O clima de superação foi ainda maior pelas dificuldades que Victor conseguiu vencer nesta prova em Viterbo, na Itália. Na segunda bateria classificatória, o kartista sofreu um grande acidente e sua equipe anunciou a desistência da 5ª etapa do WSK Master Series. No entanto, o espírito de superação do kartista contagiou toda a equipe que decidiu continuar na prova.

“Eu não podia largar um sonho assim. Eu vi que ainda tinha condições e decidi continuar”, salientou Victor, que surpreendeu até mesmo seu pai e empresário, Gláucio Uchôa, com essa atitude. “Victor mostrou muito maturidade, um espírito de superação que todo campeão precisa ter. Por isso,todo mundo foi a luta por ele”, disse Gláucio.

A participação de Victor na 5ª etapa do WSK Master Series já começou a ter alegrias em seu início. O kartista foi o nono colocado em seu grupo na tomada de tempo e ficou definido que ele largaria sempre em 13º nas quatro provas classificatórias. O potiguar superou o acidente na segunda prova e manteve a regularidade nas demais corridas, que garantiram a classificação para a pré-final e posteriormente para a grande final.

Na primeira final de WSK da carreira, o kartista mostrou bastante naturalidade. Largando na 30ª colocação, ele foi superado por três pilotos e ficou na 33ª posição. Passada a pressão inicial, Victor se com portou como um kartista experiente e chegou a ficar em 15º lugar, o que causou uma surpresa até mesmo para os adversários, que pouco conhecia o talento do jovem kartista. Ao final da prova, Victor terminou em 18º, sendo esse um grande resultado.

O desempenho do kartista despertou o interesse de diversas equipes. Ele inclusive recebeu uma proposta de uma grande equipe italiana, mas só deverá anunciar o nome caso assine contrato. Enquanto isso, Victor segue como piloto da AB Motor Sports. Além disso, a mídia européia também noticiou o desempenho do kartista, que foi tido como a grande surpresa do prova. A 5ª etapa do WSK Master Series inclusive foi transmitida para toda Itália, através da Rai Sport.

Apesar de todas as expectativas com o bom resultado de Victor Uchôa, o clima ainda é de preocupação para o kartista, que não sabe por quanto tempo continuará utilizando o kartódromo de Natal para realizar os treinamentos.“Tudo indica que Natal vai passar um tempo sem um kartódromo, por causa das obras da Copa do Mundo, o que vai dificultar muito os meus treinamentos”,lamentou Victor.

Posts Relacionados