Jenson Button 'quer' GP de Cingapura mais curto

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Jenson Button 'quer' GP de Singapura mais curto -

Jenson Button é de opinião que corridas como o GP de Singapura deviam ser mais curtas, já que em condições normais, são quase duas horas (o limite máximo de tempo) a guiar um monolugar de Fórmula 1 no máximo da concentração, com o britânico a considerar que acaba por ser demasiado extenuante para os pilotos.

"A corrida é muito dura, a pior do ano a esse nível, porque a pista é demasiado lenta e irregular e terminamos a corrida muito cansados. Penso que é demasiado extensa, talvez necessitasse de ser encurtada", referiu Button à revista Sporting Life. Recorde-se que com exceção do GP do Mónaco (260 km) todas as restantes corridas rondam os 300 quilómetros de extensão.

Sem nada a dizer relativamente às apreciações de Jenson Button, a verdade é que este é só mais um exemplo de como tudo é diferente hoje em dia, pois no passado, com os monolugares que se guiavam e pistas desafiantes mas sem os itens de segurança que hoje abundam, ninguém se queixava de Grandes Prémios com 800 quilómetros (Indianápolis - várias vezes).

Veja a lista dos grandes prémios mais longos.

1º Indianapolis 1951 804,600 Kms
2º Indianapolis 1952 804,600 Kms
3º Indianapolis 1953 804,600 Kms
4º Indianapolis 1954 804,600 Kms
5º Indianapolis 1955 804,600 Kms
6º Indianapolis 1956 804,600 Kms
7º Indianapolis 1957 804,600 Kms
8º Indianapolis 1958 804,600 Kms
9º Indianapolis 1959 804,600 Kms
10º Indianapolis 1960 804,600 Kms
11º França 1951 601,832 Kms
12º Indianapolis 1950 555,174 Kms
13º Bélgica 1951 508,320 Kms
14º Bélgica 1952 508,320 Kms
15º Bélgica 1953 508,320 Kms
16º Bélgica 1954 508,320 Kms
17º Bélgica 1955 508,320 Kms
18º Bélgica 1956 508,320 Kms
19º Bélgica 1960 507,600 Kms
20º França 1954 506,422 Kms
21º França 1956 506,422 Kms
22º Espanha 1954 505,280 Kms
23º Itália 1950 504,000 Kms
24º Itália 1951 504,000 Kms
25º Itália 1952 504,000 Kms
fonte: autosport.pt

Posts Relacionados