Circuito de Ímola quer voltar ao calendário da Fórmula 1

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

O Circuito de Ímola, que está fora da Fórmula 1 desde a temporada 2006, quer voltar ao calendário da principal categoria do automobilismo mundial. Recentemente, as instalações do autódromo Enzo e Dino Ferrari foram reformadas sob supervisão do famoso arquiteto alemão Hermann Tilke.

Em 2008, depois de sofrer modificações estruturais tanto em seu traçado quanto nos boxes, o circuito voltou a realizar corridas internacionais, mas foi classificado apenas como 1T, isto é, só participaria da F1 para eventuais testes.

Entretanto, Charlie Whiting, diretor de provas da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), mudou recentemente o tipo da pista para 1, possibilitando a volta da prova ao calendário principal da categoria.

"Estamos orgulhosos em termos alcançado nosso objetivo, o que é um claro sinal de que temos trabalhado na direção certa. Com essa aprovação, estamos em posição de sediar mais uma vez um GP de F1. Então, não nos limitamos: se tivermos condições financeiras, estamos prontos para passar por todos os desafios", explicou o dono do circuito, Walter Sciacca.

A única etapa italiana em vigor no calendário da Fórmula 1 é a de Monza, a próxima do calendário. Ímola, por sua vez, foi o circuito onde o brasileiro Ayrton Senna sofreu um acidente fatal, na curva Tamburello, em 1994.

fonte: terra.com.br

Posts Relacionados