Após "marmelada", Briatore descarta voltar como chefe de equipe

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Flavio Briatore elogiou Vettel, mas desencorajou a Ferrari a contratar o alemão para correr ao lado de Alonso. Foto: Getty Images O ex-chefe da Renault Flavio Briatore descartou um retorno à Fórmula 1 para assumir um cargo executivo na Ferrari. O milionário italiano afirmou ao Auto Bild Motorsport que a Itália "é a terra dos rumores" e por isso ele sempre é especulado na equipe de Maranello.

Briatore foi banido da Fórmula 1 em 2009 após o piloto brasileiro Nelsinho Piquet afirmar que forjou um acidente a mando do chefe de equipe para beneficiar seu companheiro de Renault, o espanhol Fernando Alonso, no GP de Cingapura 2008.

Na entrevista ao Auto Bild, o ex-dirigente da Renault ainda recomendou à Ferrari que não tente contratar Sebastian Vettel para atuar ao lado de Fernando Alonso, pois os dois dividiriam a equipe.

Entretanto, Briatore fez vários elogios ao campeão mundial de 2010 e líder da atual temporada, Sebastian Vettel, dizendo que o piloto da Red Bull é forte e toma atitudes que lembram Michael Schumacher e de Fernando Alonso.

fonte: terra.com.br
Foto: Getty Images

Posts Relacionados