Alonso alfineta, e Ferrari acusa Alguersuari de favorecer Webber

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Alonso perdeu posição para Webber e disse que Alguersuari demorou para dar passagem. Foto: Reuters O espanhol Fernando Alonso não poupou Jaime Alguersuari de críticas após o Grande Prêmio de Cingapura. O bicampeão do mundo disse que perdeu a terceira posição da corrida para Mark Webber muito em função de seu compatriota, que demorou para ceder passagem como retardatário. Já a Ferrari foi ainda mais longe nos ataques, apontando que o piloto da Toro Rosso teria propositalmente ajudado o da Red Bull.


Em declarações duras publicadas nesta segunda-feira pelo diário de Madri Marca, Alonso não chegou a citar o nome de Alguersuari, mas deixou claro a sua irritação ao dizer que "há alguns retardatários que não têm a cabeça para o que acontece na pista e têm dificuldades para ter a cabeça concentrada".

Por meio de seu Twitter oficial, a escuderia italiana já havia ironizado o jovem, 21 anos, enquanto fazia comentários em tempo reais sobre a prova de domingo. "Muito gentil Alguersuari... Como sempre... (sic)", escreveu o perfi Inside Ferrari. "Webber ultrapassou Fernando usando a ajuda de Alguersuari... (sic)".

O polêmico encontro entre os espanhóis aconteceu depois da batida do alemão Michael Schumacher, na 30ª volta da corrida, que provocou a entrada do safety car na pista. Na quarta colocação, Alonso ficou fora do pódio, logo atrás de Sebastian Vettel, Jenson Button e Webber.

Red Bull e Toro Rosso são equipes do mesmo dono, o empresário austríaco Dietrich Mateschitz, que comanda a companhia de bebidas energéticas. Em entrevista ao jornal As, Alguersuari negou qualquer tipo de favorecimento ao australiano. Em relação a Alonso, ele disse que "jogar a culpa em outro por não subir no pódio é algo que não é profissional", argumentando que em um circuito de rua como o de Cingapura "é difícil ultrapassar".

fonte: terra.com.br
Foto: Reuters

Posts Relacionados