STOCK CAR: Pilotos que já enfrentaram Villeneuve vão reencontrá-lo em Interlagos

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Competir com o ex-campeão mundial de Fórmula 1 Jacques Villeneuve pode ser novidade para muitos pilotos que disputarão, no próximo domingo, o prêmio de R$ 1 milhão na Stock Car. Quatro deles, no entanto, já tiveram a oportunidade de dividir curvas com o canadense, dois deles como companheiros de equipe.

Ricardo Zonta não gosta de lembrar das duas temporadas em que foi parceiro de Villeneuve na equipe BAR, em 1999 e 2000. Na época, o paranaense era apenas um estreante na Fórmula 1, enquanto o já campeão Jacques tinha participação acionária no time, chefiado por seu empresário Craig Pollock. Sem qualquer prioridade na elaboração de estratégias de corrida e sem direito às evoluções tecnológicas do carro, o brasileiro teve poucas chances de mostrar seu talento e acabou sem vaga na categoria para 2001. Dez anos depois, Zonta evita tocar no assunto, apelando para a diplomacia.

- Seja bem-vindo, Jacques Villeneuve - resumiu o piloto do carro 10, que está desde 2006 na Stock Car.

Jacques Villeneuve e Ricardo Zonta na apresentação do carro da BAR em 2001 (Foto: Getty Images)Ricardo Zonta e Jacques Villeneuve na apresentação do carro da BAR (Foto: Getty Images)
Burti ajuda a aproximar Villeneuve da Stock Car


Ex-pilotos de Fórmula 1, Luciano Burti e Antônio Pizzonia foram contemporâneos do canadense na categoria. O amazonense, que em São Paulo guiará pela Scuderia 111, fez 20 provas pelas equipes Jaguar e Williams entre 2003 e 2005, enquanto Burti defendeu as equipes Jaguar e Prost em 2001. Foi o paulista, aliás, o responsável pelo primeiro contato de Villeneuve com a categoria.

- Comentei com ele sobre a Stock Car quando nos encontramos no ano passado em Monza, na Itália, durante uma etapa do Mundial de Fórmula 1. Como ele demonstrou interesse em conhecer a categoria, trocamos telefones e a partir daí surgiu o convite dos organizadores. Por ter aberto esta porta, acredito que ele me procure para trocar figurinhas sobre o acerto do carro.

Já Pizzonia, que pegou o final da carreira de Jacques na Fórmula 1, só lembra de conversas rápidas entre ambos durante os briefings, antes das provas. E ressalta que o piloto deve encontrar dificuldades, mesmo já conhecendo alguns dos adversários.

- Dependendo da categoria, você já conhece o piloto e tem uma ideia de como lidar nas disputas. Não é o caso da Stock Car, porque tem a questão de adaptação ao carro, que é bem diferente de outros que estamos acostumados a dirigir - conclui o piloto, que virá da Europa especialmente para disputar a prova.
Vencedor da etapa de Campo Grande, a quinta desta temporada, Burti não quer arriscar um palpite sobre o desempenho do canadense, mas ressalta que a presença de um piloto deste nível só comprova o prestígio da categoria.

- Ele não aceita qualquer convite, o que mostra que a Stock Car é uma competição de alto nível. O Jacques não vai ter tanta dificuldade de adaptação, porque já guiou outros carros de turismo e conhece muito bem a pista. Porém, como a diferença entre os carros é muito pequena, fica difícil prever até o próprio desempenho, quanto mais o de outro piloto - definiu o piloto do carro 14 da Boettger Competições.

Villeneuve e Cacá conversam nos boxes em Interlagos, em 2009 (Foto: Carsten Horst)Villeneuve e Cacá Bueno conversam nos boxes em Interlagos, em 2009 (Foto: Carsten Horst)
Outro que conviveu com Villeneuve no mesmo box foi o tricampeão da Stock Car, Cacá Bueno. Em 2009, ele e o canadense foram convidados pelos organizadores da Top Race, categoria argentina que visitava o Brasil pela primeira vez, para competir em Interlagos.

- Foi muito bacana dividir a equipe com um ex-campeão mundial de Fórmula 1. Mas foi um fim de semana difícil, tivemos problemas. Eu ainda tive um desempenho razoável, chegando em oitavo, mas ele não andou bem. Porém, mostrou conhecimento do carro e do traçado. Foi uma das primeiras experiências dele com carro de turismo, mas, nos últimos dois anos, ele vem andando bastante e, com certeza, evoluiu. Villeneuve pode ter um resultado razoável, tem qualidade pra andar no bolo. Mas pensar em vitória é difícil.

fonte: globo.com

Posts Relacionados