Para Coulthard, Vettel pode se tornar o maior da história da F1

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Piloto da Fórmula 1 entre 1994 e 2008, o escocês David Coulthard não teve dúvidas ao elogiar o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull. Para ele, o atual campeão do Mundial de F1 tem tudo para se tornar o maior piloto da história da categoria no futuro, pelo desempenho que vem demonstrando desde a última temporada.

Depois de ser campeão na bacia das almas e com muitas falhas ao longo da temporada 2010, Vettel não teve dificuldades até aqui, tendo vencido sete de 12 etapas do campeonato deste ano, e guardando 91 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o companheiro de time Mark Webber.

Para o escocês, ex-piloto da própria Red Bull e da McLaren, o desempenho de Vettel não vem da "sorte" de ter um carro competitivo. Ele arriscou dizer que o alemão poderá entrar para a história como o maior piloto de todos os tempos.

"Ainda há quem questione a habilidade de Seb, afirmando que ele é sortudo por estar na Red Bull, que é um piloto mediano por vencer corridas ao sair da pole position, mas eu acho que podemos estar testemunhando o desenvolvimento do melhor piloto da história da Fórmula 1", afirmou Coulthard, em sua coluna no diário inglês Daily Telegraph.

"Não podemos dizer isso ainda, é claro. Somente a história irá julgar. Mas o fato de Seb continuar melhorando todos os aspectos de seu desempenho, desde o ritmo da corrida até a administração dos pneus. E isso não tem nada a ver com a minha ligação com a Red Bull, mas sim com o fato de ele ter melhorado sua pilotagem neste ano", analisou o inglês.

Apesar de colocar Vettel como provável melhor piloto da história, ele não acredita que o campeão de 2010 vencerá tanto quanto Michael Schumacher nos anos 2000. Desta vez, ele tem muitos bons pilotos como rivais - o que não aconteceu com o experiente piloto da Mercedes.

"Acho que o nível da Fórmula 1 está mais forte que nunca. Fernando Alonso, Lewis Hamilton, Jenson Button, Mark Webber... estes rapazes tem um nível excelente. Michael Schumacher retornou e descobriu isso logo de cara. E Seb está superando a todos estes pilotos", argumentou Coulthard.

"Mas as pessoas perguntam se estamos prontos para ver um novo período de domínio como o de Schumacher. Não acredito, ele guiava um carro que não quebrava, superior aos rivais, com testes ilimitados e o maior orçamento da F1. Hoje, Ferrari e McLaren têm recursos para alcançar a Red Bull", defende o ex-piloto.

fonte: terra.com.br

Posts Relacionados