Organizadores do GP da Turquia acreditam em permanência em 2012

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Os chefes do Grande Prêmio da Turquia estão otimistas em relação à permanência do circuito no calendário do ano que vem da Fórmula 1. Em meio à adição de uma etapa já confirmada, de Austin, nos Estados Unidos, a pressão das equipes para que o número de corridas não passe de 20 é grande.

"Certamente, estamos esperançosos sobre o futuro do GP da Turquia de 2012, mas isso depende dos resultados das negociações que estão em vigor. Atualmente, o calendário definitivo não foi divulgado ainda", explicou Ferruh Gundogan, diretor da Câmara de Comércio de Istambul, ao site da revista Autosport.

Durante o GP da Hungria, Bernie Ecclestone divulgou a lista provisória das corridas do ano que vem e a Turquia não constava. O contrato da prova com a F1 expira no fim do ano e a pressão interna sobre os organizadores é cada vez maior, visto que o circuito de Istambul não é muito usado fora do período do evento.

Gundogan ainda disse que o ministro do Esporte continua investindo um valor alto para que o país possa receber a categoria, e que uma das formas de resolver os problemas era expandir o mercado nacional para que a F1 tenha mais visibilidade ainda.

"Como presidente da instituição investidora, eu me encarreguei de informar o governo turco e o público sobre a importância da Fórmula 1. Compartilhando os mesmos objetivos, as autoridades esportivas estão em contato próximo com o ministro e têm uma ótima impressão da categoria", comentou.

fonte: terra.com.br
Foto: Getty Images

Posts Relacionados