Filho de Barrichello admite não gostar do rival Schumacher

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

A rivalidade entre Rubens Barrichello e Michael Schumacher já atravessa gerações. Durante a gravação do programa Altas Horas da Rede Globo, que será exibido na véspera do Dia dos Pais, foi perguntado ao filho de Rubinho, Eduardo, nove anos, se ele acompanhava as corridas de seu pai. O piloto da Williams disse, em tom de brincadeira: "ele torce para o Schumacher". Com muita sinceridade, Eduardo respondeu surpreso: "nada a ver!", levando a plateia ao riso.

O outro filho do piloto, Fernando, cinco anos, também participou da gravação e quando questionado sobre o desejo de seguir os passos do pai não titubeou: "vou ser piloto algum dia, né?"

O piloto alemão voltou a ser citado quando Rubinho foi questionado sobre a volta de Schumacher à Fórmula 1. Para Barrichello, seu ex-companheiro de Ferrari está tendo dificuldade para abandonar a categoria. "O Schumacher voltou à Fórmula 1 para ganhar e, agora que está perdendo, não quer sair. É como em um cassino. Você entra pensando em gastar tanto, mas aí começa a perder e não quer sair como perdedor. É difícil parar", afirmou.

fonte: terra.com.br
Foto: Fernando Borges/Terra

Posts Relacionados