Ferrari quer buscar resultados "evitando olhar a classificação"

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

A meta da Ferrari para 2011 é buscar o máximo possível chegar perto de Sebastian Vettel, líder da temporada e atual campeão. Ele está a 89 pontos do ferrarista Fernando Alonso e, se depender do chefe da equipe italiana, Stefano Domenicali, o objetivo do time é ter o máximo de vitórias enquanto torce por tropeços seguidos do alemão da Red Bull.

"Nossa meta realista nas oito corridas restantes é vencer, marcar o máximo de pontos possível", disse em entrevista ao site oficial da Ferrari. "Eu tenho certeza de que poderemos conquistar bons resultados, mas deveríamos evitar olhar a classificação, porque sabemos que o campeonato será muito difícil por causa da diferença atual. Mas vamos ver como será nas próximas corridas. Temos potencial para fazer bonito e temos que acreditar em nós mesmos".

Domenicali também revelou que o carro de 2012 promete ser muito melhor do que o 150º Itália, alvo de críticas durante boa parte da temporada. "Em termos de desenvolvimento do 150º Itália, nós estamos quase no fim do caminho, mas isso não significa que o trabalho no carro deste ano já está totalmente parado. Mas, agora, estamos trabalhando a todo vapor no carro de 2012", acrescentou.

O dirigente também comentou a etapa de Spa-Francorchamps, neste fim de semana, quando Michael Schumacher, cinco vezes campeão pela Ferrari e mais duas vezes pela Benetton, irá completar 20 anos na Fórmula 1 no mesmo circuito onde estreou, em 1991.

"Ele é parte da história do esporte, mas também parte do presente. Será um fim de semana muito especial para ele. Suas conquistas provam que ele é o melhor piloto que este esporte já viu e está no coração de todos na Ferrari", concluiu.

fonte: terra.com.br
Foto: Getty Images

Posts Relacionados