Em negociação com Barrichello, Williams aprova volta dos testes

sábado, 13 de agosto de 2011

Em negociação para estender o contrato do brasileiro Rubens Barrichello, que vence no final desta temporada, a Williams aprova a volta dos testes durante a temporada. Frank Williams, fundador e um dos proprietários do time britânico, é um entusiasta da ideia.

"Eu acho que apoiaria isso, a volta dos testes ", disse o empresário ao site espnf1.com. "Precisamos ter um conhecimento maior do nosso equipamento. Você fica sob muita pressão no treino classificatório e espera que tudo continue bem para a corrida, mas há sempre um apetite por um pouco mais de testes", completou.

As equipes foram proibidas de realizar testes durante a temporada desde 2009, em um acordo para tentar diminuir os custos da categoria. Desde então, no entanto, três novas equipes entraram na Fórmula 1, além de alguns pilotos estreantes. Assim, há quem defenda a realização de um número de testes limitados.

Se o retorno dos treinamentos durante a temporada ainda não foi definido, já há uma mudança significativa prevista para 2014. Ao falar sobre o assunto, Frank Williams disse concordar com a adoção dos motores V6 turbo pela categoria dentro de três anos.

"Eu imagino que cerca de 20% dos fãs gostam da Fórmula 1 tanto pelo lado tecnológico quanto pelas corridas. A maioria das pessoas só quer ver boas corridas e as mudanças desse ano certamente melhoraram esse aspecto. Eu gosto da ideia dos motores turbo de seis cilindros pela evolução técnica do esporte, com motores menores e mais eficientes", explicou.

fonte: terra.com.br
Foto: Getty Images

Posts Relacionados