Button diz que McLaren não interfere nas disputas entre pilotos

terça-feira, 2 de agosto de 2011

O inglês Jenson Button, vencedor do Grande Prêmio da Hungria no domingo passado, afirmou que na McLaren não existe interferência da equipe na disputa dos pilotos na pista, apesar de seu companheiro Lewis Hamilton estar em melhor posição na classificação do Mundial de Fórmula 1.

Button, campeão mundial em 2009, afirmou que sua escuderia não lhe deu instruções semelhantes às que a Red Bull deu ao australiano Mark Webber para beneficiar o alemão Sebastian Vettel, líder do Mundial, durante o GP da Grã-Bretanha. Na ocasião, ordenaram a Webber que mantivesse distância do atual campeão do mundo quando ambos brigavam pela segunda posição.

"Não me disseram nada. Devem ter pensado que tínhamos que nos concentrar no que estávamos fazendo. Não ouvi nada pelo rádio, e isso é bom", comentou Button.

O britânico destacou a disputa que teve com seu companheiro de equipe na Hungria. "Tive uma boa batalha com Lewis. Nós dois estávamos conduzindo no limite e a distância aumentava ou diminuía em função do tráfego. Foi muito divertido e lamento que não tenhamos chegado os dois ao pódio", afirmou.

Button também comentou o erro de Hamilton, que perdeu posições e arruinou suas chances de vitória na prova. "Cheguei à curva e vi Lewis com o carro apontando para a direção contrária", afirmou o inglês, que garantiu que os dois pilotos de McLaren se respeitam.

fonte: terra.com.br

Posts Relacionados