Após 20 anos, México mira voltar ao calendário da Fórmula 1

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Em 2012, farão nada menos do que vinte anos que o México deixou de participar do calendário da Fórmula 1. Entretanto, as autoridades locais estão me mexendo para trazer a principal categoria do automobilismo novamente ao país, mesmo com o grande número de circuitos já em vigor.

A companhia de entretenimento CIE estaria trabalhando em conjunto com Carlos Slim Domit, filho de Carlos Slim - o homem mais rico do mundo, segundo a revista Forbes. "Está sendo estudado", disse o descendente do empresário à agência Reuters.

O México foi sede de 15 GPs ao todo, de 1963, a 1970, e depois das temporadas de 1986 a 1992. O circuito Hermano Rodriguez, que foi a pista de todas as provas realizadas e é de posse da CIE, é o palco mais viável e provável para o eventual retorno. No entanto, uma outra pista em Guadalajara poderia ser usada.

O jovem Sergio Pérez, da Sauber, é o único representante nacional na categoria. O presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), Jean Todt, disse recentemente, durante uma viagem ao país, que as terras mexicanas são bem vistas pelo calendário.

"Hoje, o México tem uma economia forte e eu estou convencido de que no futuro isso será possível. Nós sabemos que a corrida é cara. E existem muitos critérios que têm que ser levados em conta para o evento, o mais importante deles é a segurança", declarou.

fonte: terra.com.br
Foto: Getty Images

Posts Relacionados